A Hipocalcemia é uma doença associada ao parto, geralmente de bovinos de leite. Também é conhecida como febre vitular e febre do leite. É uma falha nos níveis de cálcio no sangue e o motivo é uma súbita mudança nas necessidades de cálcio após a reprodução e a demora no organismo para liberar este cálcio. Os mecanismos de absorção e reabsorção de cálcio do corpo levam de 24h a 48h para funcionar de forma eficiente. 

 

O quadro clínico da doença é comum nas primeiras 72 horas após o parto, entre o 2ª e 5ª parto do animal. Isso acontece porque para ter certa quantidade de leite diariamente, a vaca precisa de aproximadamente 9 vezes a quantidade de cálcio disponível no sangue, e essa necessidade extra acontece de forma abrupta, o que exige do organismo disponibilizar cálcio de outras fontes como ossos e reabsorção intestinal. 

 

O animal que for acometido pela doença apresenta alguns sintomas e sinais que permitem a identificação da doença e do estágio em que se apresenta: 

 

1º estágio: neste momento o animal apresenta dificuldade para se mover e alimentar, excitação e tetania, pode ocorrer também tremores da cabeça e membro e protusão da língua. Poucos animais são diagnosticados nesse estágio e avançam rapidamente para o seguinte, mas aqueles que são respondem bem a administração de cálcio. 

 

2º estágio: o animal está em decúbito esternal e apresenta incapacidade de se levantar. Pode haver paralisia flácida, parada ruminal e o animal fica com o pescoço dobrado em direção ao dorso ou esticado com a cabeça no chão. Neste estágio, é comum ocorrer a estase intestinal que reduz a absorção intestinal e leva o animal ao próximo estágio em 1 a 12 horas. 

 

3º estágio: o animal encontra-se em decúbito lateral com acentuada flacidez dos músculos. Ocorre a hipotermia e a bradicardia com pulso lento. Neste estágio o animal começa a perder a consciência e entrar em coma. É necessário tratamento imediato, pois a porcentagem de morte é de 60 a 70% quando chega a este estágio. 

 

A hipocalcemia deve ser tratada com gluconato de cálcio administrado por via intravenosa. Esta administração deve ser feita de forma lenta, devido ao caráter cardiotóxico do cálcio, e seguindo as orientações do veterinário ou do produto utilizado sobre o trato. O Calcion é um produto Dispec do Brasil indicado para tratamento da hipocalcemia pós parto, com recomendação de uso entre 1 e 2 frascos por animal. 

 

Gostou deste conteúdo? Fique de olho em nosso blog pois sempre trazemos informações relevantes por aqui! 

Leave a comment