Pecuária mais produtiva: bois de ciclo curto.

O Brasil é um país de grande produção agropecuária, tendo um clima propício e favorável para a produção vegetal. Quando falamos da produção de carne também estamos entre os países que mais exportam. 

Durante os próximos anos, há uma tendência de crescimento, não apenas da produção, mas da exportação de carne bovina, por isso muito se fala sobre como aumentar a produtividade.

 

Como bois de ciclo curto aumentam a produtividade?

Com o avanço da pecuária e melhorias na engorda, podemos observar ao longo dos últimos anos, que houve uma redução na idade de abate dos animais. Com o aumento da população e da demanda por proteína animal, ter um giro maior na produção de bois pode gerar melhores retornos financeiros aos produtores.

É importante ressaltar que, para reduzir o ciclo desses animais, é preciso haver um investimento maior na nutrição. Porém, quando avaliamos o sistema produtivo de forma geral, vemos que com a possibilidade de maximizar a produção por hectare, a conta pode se tornar muito atrativa!

 

Como reduzir o ciclo do boi?

O tempo do ciclo e o processo de intensificação são dependentes de diversos fatores, é importante entender o papel de cada um dos itens abaixo, para aplicar de forma correta.

 

Pastagem

Segundo a Embrapa, 95% da carne bovina é produzida em regime de pastagens, o que torna nossa produção ainda mais competitiva, por ter um menor custo e por não apresentar riscos associados ao “mal da vaca louca”.

A pastagem é um dos pontos de maior relevância para atingir o desempenho esperado no ciclo de produção. Por isso é necessário produzir mais forragem e com melhor qualidade durante os períodos de água. Já durante os períodos de seca é preciso garantir que os animais terão acesso a uma massa seca, associada à suplementação ideal, para gerar um bom desempenho.

As estratégias de manejo como: diferimento das pastagens, pastoreio rotacionado e a subdivisão das áreas de pasto auxiliam numa colheita mais eficiente e também preservam a pastagem de degradação.

 

Nutrição

Quando falamos da nutrição de ciclo curto, existem várias estratégias que devem ser aplicadas para maximizar o desempenho produtivo.

 

Nutrição na cria 

Hoje em dia sabemos que durante o período reprodutivo das fêmeas é indispensável ter uma boa nutrição. Isso afeta não somente na fase de cria, mas também para o desempenho dos animais ao longo da vida toda. 

Nesse ponto o foco principal é manter o escore de condição corporal das fêmeas ao longo de todo o ano. 

 

Nutrição na recria

O desempenho dos animais de recria é extremamente importante nesse processo de redução de ciclo. Para isso, é preciso estar atento e elaborar estratégias nutricionais para cada época do ano, maximizando a produção durante o período de águas.

A suplementação é ainda mais importante nessa etapa, e deve se dar preferencia a uma suplementação crescente, a cada estação a dieta deve proporcionar aos animais condições propiciais para ganho de peso.

Essa etapa é uma das mais cruciais, para conseguir reduzir o tempo da recria e consequentemente um ciclo curto.

 

Nutrição na engorda

A engorda é a fase mais avançada quando falamos de nutrição, e existem várias opções nutricionais que permitem aumentar o desempenho nessa fase. Confinamento, terminação intensiva a pasto, semi-confinamento, são exemplos de estratégias produtivas eficientes e que, se bem conduzidas, ajudam a alcançar um desempenho significativo dos animais.

 

Sanidade

A sanidade do sistema, pode influenciar de forma direta produtividade, pois sem um gerenciamento adequado, vemos que o potencial máximo dos animais não é atingido. Por isso é importante traçar uma estratégia sanitária para cada propriedade, considerando os desafios particulares e identificando possíveis gargalos e atuando na prevenção de doenças.

 

Diferentes sistemas

Assim como a estratégia sanitária, a definição do sistema de produção também deve ser adequada a cada propriedade. A escolha do sistema produtivo é de grande importância, e para escolher o sistema ideal, é recomendado realizar um diagnóstico da propriedade.

Um sistema adequado tem relação direta com o sucesso da produção animal.

 

Indicadores

Além de executar todos esses processos, um dos pontos mais importantes é conhecer os custos e gargalos da propriedade, além de executar uma boa gestão financeira da propriedade e do processo produtivo.

 

Ganhos com o encurtamento

Utilizando esses fatores da forma correta, o encurtamento do ciclo dos bois permite a maximização da produção e explora ainda mais o potencial genético dos animais, aumentando a lucratividade do negócio.

Como vimos a nutrição é um dos fatores mais cruciais para o encurtamento desse ciclo, por isso conte com os produtos da Dispec para auxiliar na nutrição e saúde dos seus animais, melhorando o ciclo de vida e aumentando a sua produtividade!

 

Leave a comment