A anemia é causada pela falta de glóbulos vermelhos no sangue, responsáveis por transportar oxigênio para as células. Ao contrário do que muitos acreditam não se trata de uma doença, mas é consequência de outra doença ou também de má alimentação. 

 

Quais as principais causas?

Em equinos, a anemia pode ser sinal de uma alimentação deficiente em vitaminas e minerais, ou doenças causadas por parasitas, vírus, carrapatos ou bactérias. Ela também pode ter origem hemorrágica e surgir após traumas e cirurgias, ou até de forma crônica devido a doenças no intestino ou deficiências na medula que atrapalham a produção e reposição dos glóbulos vermelhos. 

 

Alguns tipo de anemias são muito preocupantes, é o caso da anemia infecciosa equina (AIE) causada por um Retrovírus que se instala no organismo do animal, através do contato com sangue infectado, causando hemorragias, inchaços, febre, perda de apetite e depressão. A AIE não possui tratamento efetivo ou vacina, sendo necessário a finalização do animal infectado para evitar a contaminação dos demais. 

 

Por isso, a investigação por um médico veterinário é essencial para diagnosticar e tomar as medidas de prevenção e tratamento corretamente. 

 

Quais são os sintomas?

Entre os principais sintomas da anemia, estão: 

  • Febre alta;
  • Depressão; 
  • Fadiga excessiva;
  • Abdômen inchado;
  • Perda de apetite;
  • Fraqueza;
  • Pêlos e crina sem brilho.

 

Saiba como prevenir e tratar

Para prevenir e tratar a anemia é essencial proporcionar aos equinos uma alimentação rica em vitaminas e minerais. Além de seguir o calendário de vermifugação e fazer o uso de suplementos formulados com ferro, ácido fólico e vitamina B12. O protocolo Equitam + Equitina, desenvolvido pela Dispec do Brasil é ideal para controlar e prevenir a ação de parasitas no organismo e promover um reforço nutricional aos equinos. 

 

Para saber mais como garantir a saúde dos seus animais, acompanhe nosso blog.

Leave a comment